Apresentação do Cordel Jeito diferente de falar

Oficina de Cordel

terça-feira, 26 de abril de 2016

CORDEL PARA A I- JORNADA DE FORMAÇÃO DO TOCANTINS

 VIVENDO E APRENDENDO

Nosso grande Paulo Freire
Já pregava em sua doutrina
Que bom mestre não é aquele
Que simplesmente ensina
Mas sim aquele que aprende
E essa prática é rotina.

Quem aprende sempre ensina
Essa lógica é linear
Quem busca sempre encontra
Nunca podemos parar
Pois é nessa roda viva
Que o saber faz girar.

Ao falar de formação
Numa abordagem geral
Refere-se à continuidade
Da formação inicial
Visando-se assim melhorar
A postura profissional.

Pensando sobre o ensino
Como grande construção
É preciso se antenar
E ampliar mais a visão
Pois através do ensinar
Aprende-se nova lição.

Já dizia o grande Sócrates
Na arte de filosofar
Eu só sei que nada sei
Era esse o seu pensar
Pois o conhecer é infinito
Não queira estacionar.

Na grande escola da vida
Nunca devemos parar
Seja um eterno aprendiz
Continue sempre a buscar
O conhecimento é uma fonte
Que jamais vai se esgotar.

Do saber ninguém é nato
Por isso vamos buscar
E nessa busca constante
Conhecimento agregar
Nossa mente se renova
Vamos nos capacitar.

Está previsto no Plano
Estadual de educação
Dentro das suas metas
Conforme a previsão
Consolidar as políticas
Dando a devida atenção.

Reza a meta dezenove 
Sobre a colaboração
O Estado em parceria
Garantir a formação
Junto com o município
E também a união.

Dentro da meta vinte
No primeiro ano prever
O programa de formação
O estado promover
Estendendo aos municípios
Que queiram parte fazer.

Já na meta vinte e um
Refere-se a valorização
Sobre as condições de trabalho
Dar a maior atenção
Garantir ao PCCR
A sua reestruturação.

É vivendo e aprendendo
Para não ficar pra trás
Quem almeja o saber
Não desiste jamais
Tem sede do conhecimento
E sabe que é capaz.

Eu já falei e repito
Com toda convicção
Quem quiser vencer na vida
Tem que abrir a visão
Ser um eterno aprendiz
E não se achar sabichão.

Deixamos essa mensagem
A todos nessa abertura
Em forma de verso e rima
Juntos nessa mistura
Fica aqui um grande abraço
Dessa trupe da cultura.


Autor: Juarês Alencar Pereira.
    Téc. da Ger. Cultura - Seduc-to


sexta-feira, 1 de abril de 2016

APRESENTAÇÃO DAS ATIVIDADES DO PROGRAMA VAMOS LER PARA 2016 SEDUC-TO




O Programa Vamos Ler
Há muito tempo em ação
Está inserido no Plano
Estadual de Educação
Lá na meta vinte e três
Eu vou mostrar pra vocês
Conforme a descrição.

Nessa estratégia destaca
O incentivo a leitura
Para que todos tenham
Essa prática e cultura
Formando e capacitando
E as parcerias firmando
Dentro dessa conjuntura.

Esse programa arretado
Que tem grande dimensão
Com ênfase no dia “D”
Dando maior atenção
As temáticas adotadas
Sendo bem trabalhadas
Em toda educação.

Um tema interessante
Que tem grande relevância
São os povos indígenas
Com sua real importância
Será debatida e estudada
E depois apresentada
No dia da culminância.

Outra temática escolhida
Que está nessa fileira
Tendo lugar garantido
Com enfoque de primeira
Faz o povo despertar
E cada vez valorizar
A cultura Afro-brasileira.

Já em outro dia “D”
Vamos focar refletores
Para homenagear
Todos nossos escritores
A literatura tocantinense
Que a todos nós pertence
Será alvo dos leitores.

O programa vamos ler
Segue sua trajetória
Com uma nova roupagem
Continua sua história
Juntos com todos vocês
Em dois mil e dezesseis
Só tem a cantar vitória...

Vamos continuar essa história
Através da ilustração
Das duas criaturas ranzinzas
Lambanceiras de profissão
Mexeriqueiras de primeira
Ignorantes e faladeiras
Que gostam de confusão.

Quero ver de camarote
As pestes aqui se encontrar
Vamos ver essa disputa
No que mesmo pode dar...
As duas vão botar pra valer
E o Programa Vamos Ler
Vão aqui destacar.

Adivinhem de onde são
As duas beldades bacanas
Uma é tocantinense
E a outra pernambucana
Quero ver desatar o nó
E disputar no gogó
Aplaudam ou entram em cana.



As duas ranzinzas entram....




Oxente! o que faz aqui?
O que é que veio ver?
Não acredito tá querendo
Sobre a leitura saber?
Pois essa,tiro de letra
Nem vem com tuas mutretas
Dizer que quer aprender.

Siá... Deixa de ser metida
E pare de fazer drama
Não tou nem aí pra tu
Não venha com suas tramas
Pois vou logo te dizer         
Que o Programa vamos Ler
É pra quem a leitura ama...

Para todos que não sabem
Quero pra vocês falar
Que este programa é bacana
Só temos com ele a ganhar
Pois ele está nas alturas
Desenvolve a leitura
Para o homem libertar...

Todos sabem do sucesso
Suas ações são pra valer
Melhora as bibliotecas
Incentiva o povo ler
O Salão do Livro realiza
E a leitura democratiza
Disseminando o saber...

Nesse novo momento
Do programa vamos ler
Que vem com toda garra
Dando asas ao saber
Enfatizando a leitura
Pra termos essa cultura
Com as letras conviver...

Autor:
Juarês Alencar Pereira.



quinta-feira, 17 de março de 2016

BRASIL: PAÍS QUE TEM JEITO





Sou um palco de atração
Nesse cenário imenso
Um misto da diversidade
Nesse contexto intenso
No ritmo sou a mistura
Sou banquete da cultura
Tudo isso é consenso.

Nosso Brasil encantado
É um País que tem jeito
É o lugar que amamos
Mesmo sem ser perfeito
É a nossa pátria amada
Que precisa ser cuidada
E que merece respeito.

É o país que sonhamos
Embalado no progresso
Livre de tantas amarras
Que entristece os meus versos
É a nação geme e paga
E mesmo assim não apaga
A sede pelo sucesso.

O país de norte a sul
Que expressa seu clamor
Implora aos representantes
Que tenham mais pudor
A quem hoje tem poder
Não se deixe corromper
Dê ao Brasil mais valor.

Aqui sobra a esperança
De um povo sonhador
Onde a honestidade falta
E por ela não primor
Onde se espera e acredita
Uma nação inteira grita
E em coro faz clamor.

Sou belo por natureza
O universo exclama
Sou a criação divina
Que a poesia declama
Sou esse grande desafio
Sou o querido Brasil
Que a gente tanto ama.

Autor: Juarês Alencar Pereira.


terça-feira, 15 de março de 2016

PARABÉNS RITA CÁSSIA PELA APOSENTADORIA




















A nossa colega Rita
Foi agora agraciada
Com sua aposentadoria
Que era tão desejada
Recebeu a alforria
Em hora tão acertada.

Parabéns pela conquista
Registro aqui em cordel
Rita Cássia comemora
E tá feliz pra tetéu
Pois terá tempo de sobra
Pro Aquiles, Alex e Manuel.

Essa grande companheira
Que por todos é conhecida
Pendurou suas chuteiras
Ainda bem cheia de vida
E agora vai desfrutar
Da conquista merecida.

Nunca vamos esquecer
Das viagens divertidas
Quantas coisas engraçadas
E as noites mal dormidas
Ficam as boas lembranças
Que marcaram nossas vidas.

Pra Rita Cássia é só festa
Tá esbanjando alegria
Depois da longa jornada
E de muita correria
Vai aproveitar com os seus
A sua aposentadoria.

Mais uma vez parabéns
Você é grande guerreira
E durante muitos anos
Foi a grande companheira
Enérgica e divertida
Com sua fé de primeira.

Nessa simples homenagem
Nesses meus versos rimados
Peço a Deus que abençoe
Que esteja sempre ao seu lado
Com o maridão Manuel
E os seus filhos amados.

Deixo aqui o meu abraço
Recheado de emoção
A companheira de luta
Na batalha da educação
Aposente-se só do trabalho
Mas das amizades não!!! 



Juarês Alencar Pereira.

quinta-feira, 10 de março de 2016

O RETORNO MISTERIOSO DA CONCHA















DEPOIS DE TANTA CONVERSA
DEPOIS DE TANTO MEXIDO
PARA SURPRESA DE TODOS
VEJA SÓ O OCORRIDO
APARECEU CONCHA FAMOSA
DE UMA FORMA MILAGROSA
E TUDO FICOU ESCLARECIDO...

E APÓS TANTA PENITÊNCIA
QUE A DORA REALIZOU
EM UM PASSE DE MÁGICA
O FATO SE DESVENDOU...
ESSA HISTÓRIA VIROU FARRA
E A CONCHA TAVA NA JARRA
NA GELADEIRA ROSE ACHOU...

DIANTE DE TODO CHAFURDO
A ESSA QUESTÃO ME ATIVE
E A GERENTE ROSE
DEU UMA DE DETETIVE
QUE SEM QUERER QUERENDO
NO CASO FOI SE ENVOLVENDO
E TODO SIGILO EU MANTIVE.

SEU SUMIÇO MISTERIOSO
TANTO QUANTO O APARECIMENTO
DEIXOU TODOS NÓS TONTOS
E CAUSOU CONSTRANGIMENTO
A DORA FICOU ESTRESSADA
O ARMÁRIO DE PORTA FECHADA
PREVENINDO O FURTAMENTO.

A CONHA QUE NÃO É BESTA
NO FEVEREIRO DE MUITO CALOR
TAVA DE BOA NA GELADEIRA
E POR BOM TEMPO LÁ FICOU
FOI MESMO APROVEITAR
E LONGE DO CAFÉ QUENTE FICAR
E A DORA QUASE INFARTOU.

DEPOIS DE TODA MUVUCA
E DE MUITA DESCONFIANÇA
AINDA BEM QUE A ROSE
ACABOU TODA LAMBANÇA
 ISSO RENDEU PRA TETÉU
FOI NOTÍCIA NO CORDEL
CONFORME A CIRCUNSTÂNCIA.

A GERENTE DORALICE
QUERENDO O CASO ENCERRAR
CONVOCOU UMA REUNIÃO
COM O DIRETOR KAKÁ
E COM A ROSE DO MEIO AMBIENTE
AGORA OFICIALMENTE
PRA CONCHA A DORA ENTREGAR.

FICA O CASO ENCERRADO
DEPOIS DESSA CONFUSÃO
TODOS QUEREM QUE A DORA
SOFRA UMA PUNIÇÃO
ENCERRA AGORA A FOFOCA
E A DORA SERVIRÁ TAPIOCA
SEM COBRAR NEM UM TOSTÃO.

Juarês Alencar Pereira
Ger. Cultura – SEDUC.





CARLOS EDUARDO - Aniversário de 7 anos.


Nessa data especial
Vamos gente se alegrar
Com o Carlos Eduardo
Pra hoje comemorar
Seus sete anos de vida
Juntos vamos festejar.

No ano dois mil e quatro
No dia vinte de agosto
Nasceu em Araguaina
Esse menino disposto
Que saudável veio ao mundo
Recebido de bom gosto.

Ao completar sete anos
Com os amigos comemora
Nessa data especial
Nos estudos ele aflora
Está muito alegre hoje
Por aprender ler agora.

Carlos menino simples
Que gosta de futebol
Sua paixão é fazenda
E tudo que é desse rol
Ele é bom na pescaria
É um craque no anzol.

Estuda no Albert Einstein
Uma escola de primeira
Com as tias ele aprende
Além das boas maneiras
Com os colegas se diverte
Com as muitas brincadeiras.

Ele é de bem com a vida
É o xodó da família
Precioso pra seus  pais
É querido pelas tias
É o chamego da vovó
Pela sua simpatia.

O Ronaldo da paçoca
É o seu paizão querido
Os dois são muito ligados
Pai e filho bem unidos
Um é a cópia do outro
Pois são muito parecidos.

Sua mãe todos conhecem
A doutora Rosinete
Trabalha no Laborcol
É a mãezona tiete
Dedica sempre amor
E com ele diverte.

Já a Maria Tereza
Veio completar a família
Que é a sua irmãzinha
Que trás muita alegria
É sapeca e sabida
Pro Carlos é companhia.

Fica essa homenagem
Através desse cordel
Um feliz aniversário
E muitas bênçãos do céu
Parabéns Carlos Eduardo
Pra você tiro o chapéu.

Juarês Alencar Pereira.



CAPACITAÇÃO DO PROGRAMA MAIS CULTURA - PALMAS










Relatório Rimado


Nos meus versos hoje aqui
Venho vos apresentar
De uma forma bem sucinta
Com vocês compartilhar
Esse momento legal
Da educação integral
Rimando vou relatar.

No colégio Frederico
Estava acontecendo
Uma capacitação
Educadores envolvendo
Um encontro interessante
Com discussão relevante
Vários temas debatendo.

Foi de forma bem dinâmica
Também participativa
Através de discussão
Acirrada e intensiva
Visando assim levantar
E políticas elaborar
Numa construção coletiva.

Todos juntos construindo
E coletivamente visando
Uma proposta de formação
Que todos vivem sonhando
Fortalecendo a postura
Que educação e cultura
Devem andar em união.

A dinâmica do encontro
Através do círculo em sala
Onde as conclusões dos grupos
Eram expostos na mandala
Num colorido visual
Um mosaico cultural
Que a diversidade embala.

Com a grande diversidade
De todos participantes
Enriquecendo o debate
Que o torna interessante
Um verdadeiro arsenal
Nesse balaio cultural
Dessa mandala instigante.

Obrigado Vanessa e Iara
Agradecemos diante mão
E aos colegas participantes
Pelo empenho e atuação
Em propor e participar
E coletivamente somar
Nessa grande construção.

Nossos agradecimentos
Aos que estiveram á frente
Ao André o relator
E a Doralice gerente
E a Maria do Socorrário
Com seus causos hilários
E o mais educação adiante.

Dentro dessa mandala
Verdadeiro calhamaço
Engrenagem do saber
Construída passo a passo
Retrato do nosso encontro
Com esse relatório pronto
Que nesse cordel eu faço.

Juarês Alencar Pereira.

      05-03-16