Apresentação do Cordel Jeito diferente de falar

domingo, 10 de julho de 2016

DIA D DA LEITURA EM ITACAJÁ-TO



Adicionar legenda


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

ESCRITORES TOCANTINENSES...



No estado do Tocantins
A educação comemora
Pra dar asas a leitura
Tem um Programa da hora
O famoso Vamos Ler
Que através do dia D
O saber se revigora.

No segundo dia “D”
Vamos focar refletores
E com honra homenagear
Todos nossos escritores
A literatura tocantinense
Que a todos nós pertence
Será alvo dos leitores.

Nova gama de escritores
E uma vasta a produção
Surgem as academias
Com grande motivação
No cenário literário
Um verdadeiro berçário
Pra pesquisa e ficção.

A cada nova criação
Os horizontes se ampliam
As ideias se renovam
Os saberes desafiam
Quem almeja saber mais
E não quer ficar pra trás
Nos livros se deliciam.

E com esse dia famoso
Pra leitura enaltecer
Toda educação celebra
Com o Programa vamos ler
Siga nessa trajetória
Construa a sua história
E dê asas ao saber.

Viva a arte do saber
Viva as letras e a leitura
Embarque nessa viagem
Nessa grande aventura
Jovem, velho e criança
Ler é a maior esperança
De uma geração futura.

Quem ler sempre se renova
Tem uma nova visão
Não se prende a preconceitos
Foge da descriminação
Tem nova mentalidade
Diz sim a diversidade
E a ignorância diz não.

Para o Almeida  Sardinha
Deixo aqui o meu repente
Ao povo de Itacajá
Que na leitura se oriente
Aproveitem o dia “D”
Leiam mesmo pra valer
Pra ser mais inteligente.


Juarês Alencar Pereira.

quinta-feira, 2 de junho de 2016

OFICINA DE LIT. DE CORDEL EM PARAÍSO-TO





















Produção dos Professores


O CEM Dionízio Bezerra
Escola de tempo integral
Que presta a comunidade
Grande trabalho social.

Preza pela integração
Ensino e cidadania
Incentivando os alunos
A apresentar melhoria.

O esporte é nossa marca
No atletismo e futsal
Com atletas capeões
Tão no JET’s estadual.

Professoras: Euzamar e Dayane.

CORRUPÇÃO
Hoje no nosso Brasil
Ta grande a corrupção
Esses nossos governantes
Não respeitam a nação.

Corrupção é sinônimo
De falta de educação
De políticos corruptos
Um bando de vacilão.

No Brasil de hoje em dia
Ta difícil pra morar
Com a atual conjuntura
Não temos nada a esperar.

Esperamos no Brasil
A corrupção findar
Trazendo aos brasileiros
Lugar melhor pra morar!

BRAGA, Ivanilde Rodrigues Morais; FERST, Marli Luciene.


ESCOLA TRAJANO

Da Escola Trajano Coelho
Quero pra todos falar
Estudei na minha infância
É gotoso recordar.

Lembro de uma professora
Que me ensinou a ler
Ficou na recordação
Venho agora engrandecer.

Minha escola é preciosa
Me ajudou na formação
Agradeço o que sou hoje
A esta instituição.


MACHADO, Cicera Manuela Cesario Neto; BORGES, Nidia Rejane 

segunda-feira, 30 de maio de 2016

A CHAVE SUMIU...



No anexo dois da seduc
Novo episódio ocorreu
O sumiço misterioso
Um novo rapto se deu
A sala de libras trancada
A chave se escafedeu...

Procuraram a dita cuja
Foi o maior reboliço
O professor Rafael
Disse só sendo feitiço
Quem fez esse mal feito?
Quem será estrupício?

Diante de toda agonia
Pra desvendar o segredo
Na ante-sala os alunos
Estavam pegando o dedo
Alguém logo foi dizendo
Vai ser do cordel o enredo.

Depois de toda muvuca
E de todo deseSpero
Não tiveram paciência
Pra ação de um milagreiro
Com toda bagunça intica
Apelaram pro chaveiro.

Com a porta logo aberta
E todo mundo cabreiro
Todos viraram suspeitos
Desse ato intrigueiro
E depois da merda feita
Tava a chave no banheiro.


Juarês Alencar Pereira.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

MÃE


HOMENAGEM AS MÃES
























Foto google


Segundo domingo de maio
É uma data especial
Para o filho que estima
O grande amor maternal
 Que entre todos se destaca
Não existe outro igual.

O amor de mãe é ternura
É o maior que existe
Perdoa e sempre acolhe
Não vacila e persiste
É sempre colocado a prova
Mas jamais ela desiste.

Amor igual ao de mãe
Confesso eu não conheço
Vence qualquer obstáculo
Amor assim não tem preço
Todo filho que se preza
Por sua mãe tem apreço.

As mães com todo carinho
Toda a nossa gratidão
Essa simples homenagem
Recheada de emoção
Pelo seu imenso valor
E tão sublime missão.

Existe um velho provérbio
Que é muito popular
Coração de mãe é tão grande
Que pra mais um tem lugar
Sendo assim tão generosas
Com tanto amor pra doar.

Mães sempre demostram
Carinho e muita atenção
Cuida bem da sua prole
Com afinco e dedicação
Principal coluna do lar
Nosso amor e gratidão.
                     Juarês Alencar Pereira
                            Téc. Ger. de Cultura.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Banco da Amazônia é o patrocinador oficial do Projeto Rimas que Ensinam no Tocantins


                   Representante do Banco da Amazônia vem a Palmas conhecer o
                                          Projeto Rimas que Ensinam.   

BANCO DA AMAZÔNIA PATROCINA PROJETO RIMAS QUE ENSINAM NO TOCANTINS



O Projeto Rimas que Ensinam, conquista mais uma vitória, depois de alguns anos em plena atividade através de oficinas, palestras, apresentações em escolas públicas e privadas, faculdades, eventos culturais e Salão do Livro do Tocantins, sendo um dos vencedores do “Prêmio de Valorização dos Trabalhadores em Educação do Tocantins em 2011”. Através  da Literatura de Cordel no mesmo ano recebi da ASNOT – Associação dos Nordestinos no Tocantins, uma homenagem, reconhecendo a importância desse trabalho para o enriquecimento da cultura nordestina no Tocantins. Agora o Projeto ganha mais força e destaque, sendo um dos vencedores do Edital de Patrocínio Cultural do Banco da Amazônia 2015\2016. O Patrocínio contempla a distribuição de um kit de literatura de cordel (caixa contendo 10 cordéis), para todas as Unidades Escolares Estaduais do Tocantins e a realização de cinco oficinas em cidades polos, que capacitará professores e alunos possibilitando conhecer as técnicas de produção, as modalidades e as diferentes formas de apresentação dessa rica literatura. Os participantes serão multiplicadores do conhecimento em suas respectivas unidades escolares. O Projeto será desenvolvido no período de Maio a Outubro de 2016 e contará com o apoio da SEDUC-TO.