Apresentação do Cordel Jeito diferente de falar

Oficina de Cordel

quarta-feira, 24 de junho de 2015

CENSO ESCOLAR - EDUCACENSO




Capacitação Censo Escolar 
        Pauta em Cordel
  


A pauta tá bem arrochada
Com o Censo Escolar
Primeiro com a legislação
Para na linha andar
Pra isso temos as técnicas
Para nos capacitar.

Outro tema importante
Que logo será abordado
O censo e as avaliações
Que andam lado a lado
Tendo uma visão geral
Com os dados coletados.

Às dez horas intervalo
Pra nossa broca matar
Pois saco vazio não tem
Como em pé se segurar
Vamos para a gororoba
Comer e logo voltar.

Continuando a pauta
Vamos pro Educacenso
Na plataforma de acesso
Que nos deixa às vezes tenso
Pois com tanta lentidão
Ficamos até hipertenso.

Meio dia bom almoço
Colegas não vão abusar
Não encham muito a pança
Saúde em primeiro lugar
Além de a gula ser pecado
Aguarde a data base vingar.

Agora com o cadastro
Vejam cada formulário
Das escolas e das turmas
Sigam esse itinerário
Fiquemos atenciosos
Não façamos o contrário.

Sobre os outros cadastros
Observem a instrução
Sejamos criteriosos
Não cometendo infração
Se livrem dos relatórios
E da tal retificação.

Encerrando assim a pauta
Depois de toda a lição
Vamos colocar em prática
Toda a capacitação
Quando as dúvidas surgirem
Equipe do censo em ação.

Obrigado e bom retorno
A cada participante
A DRE-Colinas agradece
E que Deus passe adiante
Foi muito bom recebe-los
E também gratificante.

 Juarês Alencar Pereira
DRE-Colinas
09-06-2015.




Abertura da capacitação
Censo Escolar – 2015.

Sejam todos bem-vindos
A esta capacitação
Do nosso Censo Escolar
Com toda orientação
Esclarecendo as dúvidas
Que tivermos diante mão.

Peço licença a todos
Para vos apresentar
A Ilaine  e a Rozângela
Técnicas do Censo Escolar
Que vieram da SEDUC
Para nos capacitar.

Aos técnicos municipais
E da rede estadual
Também aos da rede privada
Da nossa regional
Nossos agradecimentos
E um abraço cordial.

Aos colegas de outras DREs
Que hoje conosco estão
Que integram nosso polo
Nessa capacitação
A vocês o nosso abraço
Colegas de profissão.

A todos muito obrigado
Colegas do Censo Escolar
Da SEDUC e das DREs
Que vieram conosco estar
Nossos agradecimentos
De Juarês e Cleidiomar.

Juarês Alencar Pereira
DRE-Colinas.

sábado, 13 de dezembro de 2014

VIVA GONZAGÃO 2014!!!




 

 

 

 

 

  

 

 

 

RELATO AQUI A HISTÓRIA
DESSE GRANDE BRASILEIRO
O FILHO DE JANUÁRIO
QUE NO FOLE É LIGEIRO
FALO DE LUIZ GONZAGA
O FAMOSO SANFONEIRO.

ELE NASCEU EM EXU
LÁ NA FAZENDA CAIÇARA
BERÇO TAMBÉM DO BARÃO
E DA HEROÍNA BÁRBARA
ERA 13 DE DEZEMBRO
E DEUS LHE ABENÇOARA.

DESDE BEM PEQUENINO
ESSE MOLEQUE APRENDEU
VENDO O SEU PAI TOCAR
LOGO  TAMBÉM APRENDEU
A ARTE DE TOCADOR
O QUE MUITO LHE RENDEU.

QUANDO RAPAZOTE AINDA
LUIZ SE APAIXONOU
PELA JOVEM NAZARENA
O QUE MUITO LHE CUSTOU
SENDO QUE O PAI DA MENINA
ESSE AMOR REPROVOU.
  
ERA MOÇA DE FAMÍLIA
SIMPÁTICA E MUITO SINGELA
O SEU PAI NÃO ADMITIU
QUE NAMORASSE COM ELA
ALÉM DE SER SANFONEIRO
ERA DE MEIA TIGELA.

LUIZ QUANDO SOUBE DISSO
LOGO SE ENFURECEU
NA FEIRA DO NOVO EXU
AQUELA TRUACA BEBEU
DANDO UMA DE VALENTE
O VELHO REPREENDEU.

O VELHO SENDO ACUADO
PROCUROU DONA SANTANA
LUIZ ME DISSE AS DO FIM
NÃO SOU NEM UM SACANA
TIRA O TEU FILHO DAQUI.
SE NÃO VAI ENTRAR EM CANA.

SANTANA RECOLHEU AS CORDAS
QUE NA FEIRA ELA VENDIA
NÃO FEZ NEM AS COMPRAS
NO ARMAZÉM DE SEU PITIAS
VOLTANDO PARA O ARARIPE
A  LUIZ NADA DIZIA.

CHEGANDO EM SUA CASA
JANUÁRIO FICA CIENTE
SANTANA CHAMA LUIZ
PERGUNTA: TU É VALENTE?
SE FOR, CABRA, TU BATE NEU
COMIGO É DIFERENTE.

LUIZ PEDIA SOCORRO
JANUÁRIO DIZ PRA SOLTAR
FOI EM DIREÇÃO AO PAI
PENSANDO QUE IA AJUDAR
LEVOU UM TABEFE SEGURO
QUE VIU ESTRELA PISCAR.

DEPOIS DA SURRA FUGIU
NO CEARÁ FOI PARAR
CHEGOU ATÉ FORTALEZA
PRA NO EXÉRCITO ENTRAR
TORNOU-SE O BICO DE AÇO
NA CORNETA A TOCAR.

DEPOIS DO CEARA
FOI PARA MINAS GERAIS
PASSANDO ALGUM TEMPO
JÁ NÃO QUERIA MAIS
PARA SEGUIR OUTRA TRILHA
PEDIU BAIXA AOS GENERAIS.

DE MINAS PARA SÃO PAULO
DE LÁ PRO RIO DE JANEIRO
E COM SUA SANFONA BRANCA
CONQUISTOU O BRASIL INTEIRO
TORNOU-SE REI DO BAIÃO
ORGULHO DOS BRASILEIROS.

COM SUA SANFONA BRANCA
E SUA VOZ A ECOAR
ANDOU POR TODO O BRASIL
CANTOU EM TODO O LUGAR
SEM PERDER SUAS ORIGENS
SONHANDO UM DIA VOLTAR.

CANTOU O NOSSO NORDESTE
O ABOIO DO VAQUEIRO
A SECA E OS RETIRANTES
OS HERÓIS E CANGACEIROS
ASSUM PRETO E ASA BRANCA
O PÉ DE SERRA E OS ROMEIROS

CANTOU A TRISTE PARTIDA
A VIDA DE VIAJANTE
A EXPOSIÇÃO DO CRATO
OS SANTOS E AS VOLANTES
A TRISTEZA DO JECA
COM SEU BAIÃO FASCINANTE.

FEZ PRECE A UM EXU NOVO
CANTOU O LUAR DO SERTÃO
EXALTOU O PADRE CÍCERO
JUNTO COM FREI DAMIÃO
FALOU DE MARIA BONITA
E O TEMIDO LAMPIÃO.

SUA TRAJETÓRIA DE SUCESSO
MERECE AQUI RESSALTAR
ENCANTOU TODO O BRASIL
COM A ARTE DE CANTAR
DEPOIS DE TODA FAMA
PRA CASA RESOLVE VOLTAR.

O REI VOLTA PRA CASA
EVENTO EXTRAORDINÁRIO
LUIZ GONZAGA RETORNA
AO EXU O SEU BERÇÁRIO
A TERRA QUE VIU NASCER
O FILHO DE JANUÁRIO.

JÁ MORANDO EM EXU
ELE MUITO EMPREENDEU
CRIOU O PARQUE AZA BRANCA
DEU INICIO AO MUSEU
QUE PRESERVA SUA MEMÓRIA
E TODO LEGADO SEU.

PERNAMBUCANO DO SÉCULO
ASSIM FICOU CONHECIDO
TÍTULO A ELE DADO
POR TER MUITO MERECIDO
FOI O MAIOR CANTADOR
JÁ MAIS SERÁ ESQUECIDO.

Autor: Juarês Alencar Pereira.

Adquira o seu no Museu do Gonzagão em Exu-PE,
na GEEP livraria(Palmas, Araguaína e Gurupi) ou com 
o próprio autor em Colinas-TO.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

HOMENAGEM A D. TIDINHA PELO O SEU CENTENÁRIO























Parabéns d. Tidinha
Por essa data importante
Por um século de vida
Tendo Deus sempre adiante
Iluminando seus passos
Livrando dos embaraços
Sendo sempre triunfante.

Sempre foi um bom exemplo
Pra toda comunidade
Com o seu trabalho e fé
E a religiosidade
Amiga e companheira
Até hoje está solteira
Com cem anos de idade.

Nesse momento festivo
Vamos todos celebrar
E ao nosso Deus soberano
Só temos a exaltar
Pela dádiva da vida
Com a família reunida
Tereza Leite Alencar.

Deixo a minha homenagem
Através desse cordel
A conhecida tidinha
Pra ela tiro o chapéu
Mulher forte e destemida
Com seus cem anos de vida
Cumpriu bem o seu papel.

Juarês Alencar Pereira.
13-07-2014.