Apresentação do Cordel Jeito diferente de falar

quinta-feira, 17 de março de 2016

BRASIL: PAÍS QUE TEM JEITO





Sou um palco de atração
Nesse cenário imenso
Um misto da diversidade
Nesse contexto intenso
No ritmo sou a mistura
Sou banquete da cultura
Tudo isso é consenso.

Nosso Brasil encantado
É um País que tem jeito
É o lugar que amamos
Mesmo sem ser perfeito
É a nossa pátria amada
Que precisa ser cuidada
E que merece respeito.

É o país que sonhamos
Embalado no progresso
Livre de tantas amarras
Que entristece os meus versos
É a nação geme e paga
E mesmo assim não apaga
A sede pelo sucesso.

O país de norte a sul
Que expressa seu clamor
Implora aos representantes
Que tenham mais pudor
A quem hoje tem poder
Não se deixe corromper
Dê ao Brasil mais valor.

Aqui sobra a esperança
De um povo sonhador
Onde a honestidade falta
E por ela não primor
Onde se espera e acredita
Uma nação inteira grita
E em coro faz clamor.

Sou belo por natureza
O universo exclama
Sou a criação divina
Que a poesia declama
Sou esse grande desafio
Sou o querido Brasil
Que a gente tanto ama.

Autor: Juarês Alencar Pereira.